Em um restaurante, é essencial que treinamentos sejam realizados com frequência, de modo que o serviço de atendimento ao cliente seja impecável e os resultados do negócio estejam sempre crescendo e sendo aprimorados.

Buscando te ajudar a melhorar seus processos, reunimos, a seguir, algumas dicas muito  eficientes para treinamento para equipes e atendimento em restaurantes. Ficou curioso? Continue acompanhando!

treinamento restaurantes

Trabalhe a relação com o cliente

É preciso ter muita atenção e cuidado na hora de se relacionar com os clientes para garantir que seu restaurante seja sempre apreciado e reconhecido. As equipes de funcionários — garçons, gerentes, cozinheiros e faxineiras — estão sempre em contato direto com o cliente e, por esse motivo, precisam dominar a arte de se relacionar com o público. Alguns cuidados são essenciais na relação com o cliente:

  • Respeitar a opinião e a presença do cliente;
  • Não gritar ou ser mal educado com o cliente, mesmo que ele não tenha razão;
  • Ser paciente e tranquilo;
  • Nunca demonstrar insatisfação ou impaciência;
  • Ser honesto;
  • Prestar sempre atenção às queixas e aos pedidos.

Treine a capacidade de resolver problemas

Os problemas encontrados em ambientes como um restaurante normalmente são resolvidos pelo gerente ou responsável por alguma área específica do empreendimento, porém todos os funcionários devem estar capacitados para assumir as responsabilidades e resolver os problemas que surgirem durante sua rotina, especialmente se nenhum responsável estiver disponível naquele momento.

Treine sua equipe, explicando a importância de cada funcionário ser capaz de tentar solucionar problemas, especialmente se eles estiverem relacionados com alguma queixa do cliente.

Estabeleça padrões de abordagem e postura

Uma equipe de restaurante séria e profissional também deve valorizar características e posturas adequadas que precisam ser adotadas durante a sua jornada de trabalho. Além de aprender a se posicionar corretamente no salão, com o corpo ereto, olhar atento e sem escorar em móveis ou cadeiras, o funcionário deve estar apto a desenvolver habilidades específicas relacionadas à rotina de trabalho: garçons devem ter habilidades com bandejas, faxineiros devem saber regras de higienização, cozinheiros devem ter prática no preparo dos alimentos.

Outro ponto crucial é o treinamento de uma linguagem e abordagem adequadas para o trato com os clientes. Reitere a importância de um mínimo de formalidade e desestimule brincadeiras ou posturas dúbias que podem gerar indisposições.

Reforce a importância do profissionalismo

Um bom funcionário deve ser capaz de transmitir profissionalismo durante toda a sua jornada de trabalho. Veja algumas características importantes de funcionários profissionais:

  • Discrição;
  • Atenção com os clientes e colegas;
  • Paciência;
  • Honestidade;
  • Pontualidade;
  • Facilidade de comunicação;
  • Capacidade de trabalhar em equipe.

Promova treinamentos de rotinas

Todas as equipes devem passar por treinamentos básicos de rotinas de segurança, limpeza e, até mesmo, de orientações especiais para clientes. Esses treinamentos são obrigatórios e essenciais para garantir a harmonia no local de trabalho, portanto devem ser realizados frequentemente para reforçar a importância de se conhecer e saber aplicar esses ensinamentos.

Dê lições básicas sobre domínio de técnicas de venda

O restaurante é um estabelecimento que só consegue manter suas portas abertas e sua atividade diária se atingir o objetivo de vender suas refeições regularmente. Como o foco do restaurante está na venda, é importante que todos os funcionários tenham noções básicas dessa técnica para poder estimular os clientes a consumir, aumentando o lucro do estabelecimento.

Os treinamentos básicos de venda são alternativas para ajudar os funcionários a compreender melhor o que pode e o que não pode ser feito para atrair o interesse do cliente.

Incentive o aprendizado de outros idiomas

Seu estabelecimento recebe um volume significativo de estrangeiros durante o mês? Pode ser interessante estimular seus funcionários a aprender algumas noções, ainda que básicas, de línguas como o inglês e o espanhol, para que eles possam atender melhor a demanda desses clientes especiais. O treinamento de noções básicas em outras línguas pode ser oferecido pelo próprio estabelecimento, direcionando as aulas para as situações que os funcionários podem vivenciar com um cliente estrangeiro.

Conte com a ajuda e experiência dos veteranos

Uma maneira muito eficaz de treinar equipes é mostrar aos iniciantes um modelo de conduta e postura a ser seguido. Quando há alguém inspirando os novos funcionários, mostrando a melhor maneira de se portar em cada situação, eles tendem a ficar muito mais inspirados e motivados. Eleja um (ou alguns) dos seus empregados que apresenta os melhores resultados e incumba-o de ajudar no treinamento das novas equipes.

Além disso, é através dos veteranos que se tem a melhor compreensão e avaliação das necessidades de um estabelecimento. Valorizar a experiência dos mesmos, colocando-os para ajudar no treinamento dos novos contratados, fará com que eles sintam que seus trabalhos são reconhecidos e promoverá, ainda, um maior engajamento interno.

Foque na segurança

Dentre as muitas informações que devem ser passadas e ensinadas no treinamento de equipes, a segurança no manuseio das comidas e bebidas é uma das mais importantes. É preciso detalhar minunciosamente como deve ser o manejo dos ingredientes, utensílios e outros itens relacionados ao cardápio e cozinha. Distribua tutoriais de atendimento em restaurantes com regras de segurança e de higiene. Posteriormente, faça perguntas a todos para garantir que aprenderam.

Ademais, lembre-se de orientar os novos contratados sobre como eles devem agir em casos de acidentes de todo tipo, tais como: incêndios, ferimentos, indisposições no recinto do restaurante, etc. Dessa forma, toda equipe estará sempre preparada para lidar com qualquer problema eventual.

Supervisione os novos funcionários

A melhor maneira de se dominar bem uma atividade é, obviamente, praticando-a. Por isso, antes do fim da fase de treinamento, permita que os novos contratados assumam suas posições, deixando, apenas, algum supervisor responsável por avaliar o desempenho dos mesmos. Feito isso, dê o feedback sobre o que precisa ser mudado e o que pode ser melhorado. Elogios também são importantes e ajudam na motivação, portanto, não se esqueça deles, quando merecidos.

Treinar funcionários é, sem dúvidas, crucial para o sucesso de qualquer estabelecimento. No caso de atendimento em restaurantes, torna-se um fator ainda mais importante devido ao contato direto e constante com diferentes tipos de público.

Por isso, esteja sempre atento e promova treinamentos para equipes. Dessa maneira, seu negócio irá prosperar e você estará muito mais perto de se tornar referência no mercado. E então, gostou das nossas dicas? Já as aplicou no seu restaurante? Compartilhe, nos comentários, sua opinião e experiência!

Fonte: https://blog.goomer.com.br/confira-dicas-de-treinamento-para-equipes-de-restaurantes/

 

Similar Posts

3 Comments

  1. […] há mais de 30 anos no Brasil, a feira promete apresentar o que há de mais recente e inovador em soluções para restaurantes, bares, lanchonetes, pizzarias, distribuidores, lojistas e toda a cadeia do segmento food service, como é chamado o mercado de […]

  2. […] há mais de 30 anos no Brasil, a feira promete apresentar o que há de mais recente e inovador em soluções para restaurantes, bares, lanchonetes, pizzarias, distribuidores, lojistas e toda a cadeia do segmento food service, como é chamado o mercado de […]

  3. […] de excelência, bons clientes e alimentos apetitosos. Porém, o investimento contínuo no treinamento de funcionários, que possuem alta rotatividade no setor, pode comprometer o orçamento de alguns […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *