Os restaurantes das empresas representam grandes dificuldades quando o assunto é relações corporativas. Sabemos que os colaboradores em restaurantes devem estar sempre capacitados para proporcionar um serviço de qualidade. Sabemos também que, pela norma regulamentadora nº 24 do Ministério do Trabalho e Emprego (NR24), negócios com mais de 300 funcionários estão obrigados a oferecer esse serviço de restaurante na empresa.

curso restaurante

Por isso, na dúvida, muitas empresas optam por contratar esse tipo de serviço com profissionais qualificados para realizar o treinamento. Mas ainda assim, na hora de escolher um novo ou avaliar a gestão atual, é preciso verificar se o fornecedor está atento aos treinamentos fundamentais para garantir a qualidade do serviço prestado.

É sobre isso que falaremos a seguir.

Relacionamento com o cliente

Um dos tópicos a serem levados em consideração no treinamento dos colaboradores é a qualidade da relação com o cliente.

A capacitação deve estimular uma relação de respeito e empatia, com doses de bom humor, paciência, atenção e transparência. Não basta apenas olhar nos olhos do cliente, mas também ter empatia e compreender o ponto de vista dele.

Padronização do atendimento

Os treinamentos devem estar relacionados à qualidade dos produtos, por isso devem concentrar esforços na uniformização dos serviços, incluindo não apenas o atendimento ao cliente, mas também fichas técnicas padrões e manipulação de alimentos.

Essa atenção deve perpassar também as formas de abordagem, a postura, os uniformes, a montagem dos cardápios etc., sempre prezando pela segurança, higiene e satisfação do cliente.

Responsabilidades dos colaboradores em restaurantes

Além disso, os colaboradores devem estar preparados para agir de maneira adequada em diferentes situações.

Nesse sentido, por mais que os treinamentos para gerentes e responsáveis trabalhem a gestão de crises, todos os funcionários devem estar preparados para assumir responsabilidades e resolver problemas.

Também vale lembrar que toda a dinâmica de treinamentos deve explorar todos esses pontos de maneira conjunta, para que os colaboradores compreendam todas as dinâmicas dos processos de atendimento, de ponta a ponta.

Um toque a mais na qualidade

Em muitos casos, podemos aproveitar também o conhecimento de funcionários veteranos para estimular os mais jovens e aproveitar a experiência adquirida.

Focar nos anseios e expectativas dos colaboradores é uma das premissas para uma gestão de pessoas com resultados para a empresa, por isso vale investir na qualificação dos funcionários.

Cursos e desenvolvimento de habilidades específicas para cada função, como noções de sistema, atendimento, manuseio e segurança são alguns desses pontos.

Mas para que façam efeito, os treinamentos devem ser frequentes e a supervisão do trabalho deve ser constante e, como dissemos, o foco deve estar na segurança, higiene e satisfação do cliente.

Por isso, para garantir a qualidade dos serviços e do atendimento, escolha a empresa certa para administrar seu restaurante corporativo, priorizando aquelas que ofereçam respostas rápidas com projetos abrangentes e boas referências no mercado.

Fonte: http://blog.exal.com.br/quais-os-treinamentos-fundamentais-dos-colaboradores-em-restaurante/

curso restaurante

Similar Posts

2 Comments

  1. […] dica Para abrir um restaurante, a pessoa precisa desenvolver uma experiência mínima no segmento. Antes de entrar no ramo, o empresário diz que já tinha trabalhado com o setor na Grécia. Seu […]

  2. […] dica Para abrir um restaurante, a pessoa precisa desenvolver uma experiência mínima no segmento. Antes de entrar no ramo, o empresário diz que já tinha trabalhado com o setor na Grécia. Seu […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *