Na gestão de restaurantes, há picos de trabalho nos quais é preciso contratar mais funcionários para que tudo saia como desejado. Claro que também para obter bons lucros nas altas temporadas. Hoje, trazemos 7 conselhos que devem ser levados em conta para que as suas contratações sazonais sejam eficazes, funcionem bem e você tenha uma equipe perfeita ao longo do ano.

1 – Definir os perfis

Uma primeira ação muito útil ao contratar pessoal sazonal é saber muito claramente o que irá necessitar de cada funcionário extra. Por exemplo, pode ser que necessite de uma garçonete com mais experiência do que formação, pois ela irá dar um reforço devido ao volume de trabalho, em vez de dar atenção estratégica aos clientes. Ou que precise de um cozinheiro especializado em um produto, pois essa será a aposta gastronômica do restaurante nessa temporada. Ou que seja mais estratégico contratar uma pessoa jovem e empática para a entrada, porque, embora não tenha muita experiência, o que interessa é que se conecte com os estudantes que irão transbordar o negócio durante esse período. Cada restaurante tem as suas prioridades.Defina as suas primeiro, antes de começar a busca.

2 – Perguntar à equipe fixa

E, antes de buscar fora, é melhor começar em casa. Você pode perguntar à sua equipe fixa se há alguém interessado e disponível para cobrir as horas extras e ganhar um dinheiro adicional. Seria uma grande vantagem, especialmente nos perfis difíceis de preencher. Você também pode perguntar se eles conhecem amigos ou colegas que poderiam fazer o trabalho, pois seria uma recomendação de primeira mão. Além disso, quem melhor do que a sua equipe para saber do que o restaurante precisa?

3 – Buscar perfis que se adequem ao restaurante

Ainda que seja um trabalho temporário, é importante procurar perfis que se adequem o melhor possível à filosofia do negócio. E que sejam pessoas apaixonadas pelo trabalho, com uma óbvia vocação de serviço e, claro, boa atitude. Por um lado, para garantir a excelência dos serviços e que os clientes não sejam afetados pelas mudanças. E, por outro lado, porque poderia ser uma boa oportunidade para fazer uma contratação eficar que sirva para o futuro.

4 – Publicar anúncios nas redes sociais

Outra ação estratégica é publicar anúncios nos canais digitais do restaurante. Não só pela facilidade de difusão e alcance, mas especialmente porque serão vistos pelos usuários que seguem o restaurante nessas redes, que conhecem seu storytelling e até mesmo que são fãs. Uma grande vantagem, porque alguns deles poderiam ser profissionais do ramo de restaurantes, com uma motivação genuína para fazer parte da equipe e até mesmo com informações importantes que poderiam ser usadas em seu rendimento. Claro que esses anúncios deverão responder ao estilo e à linguagem definidos no plano de marketing e na imagem gráfica do restaurante, para manter a coerência nas comunicações.

5 – Verificar referências

É fundamental garantir, tanto quanto possível, a confiabilidade das pessoas que entrarão no restaurante, mesmo que seja por pouco tempo. Nesse sentido, é estratégico pedir referências de outras empresas em que o candidato trabalhou e ligar para os responsáveis para perguntar sobre o seu desempenho e a sua atitude. Lembre-se de que é muito importante contratar pessoas honestas e verdadeiramente comprometidas, que sejam uma boa ajuda, e não uma dor de cabeça.

6 – Fazer testes e dar treinamento

É ideal que, na gestão de restaurantes, o processo de contratação temporária seja realizado com suficiente antecedência, para poder realizar entrevistas e testes. Nesse sentido, é muito importante avaliar a atitude dos candidatos nas situações mais desafiadoras do restaurante. Na entrevista, poderia perguntar aos candidatos como administrariam situações de estresse ou crises, e priorizar aqueles que demonstrem confiança e capacidade para resolvê-las. Também é ideal para esses candidatos tenham disponibilidade para fazer treinamentos, de semanas, em alguns casos, para garantir que eles estarão preparados.

7 – Fazer um banco de dados do pessoal sazonal

Por último, é interessante dar continuidade a todo esse processo e fazer relatórios de desempenho desses empregados sazonais para futuras contratações. Se na sua gestão de restaurantes você fizer um banco de dados com informações suficientes sobre o perfil e a produtividade de cada empregado sazonal, será uma grande vantagem, porque economizará tempo e esforço nas próximas épocas de alta temporada.

Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados, temporada de verão, eventos especiais de grupos … são muitos os momentos em que um restaurante precisa de pessoal extra durante o ano.

Fonte: https://www.theforkmanager.com/pt-br/blog/gestao-restaurantes-funcionarios-temporarios/

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *