Controle financeiro em restaurantes: 5 dicas essenciais

Se você busca tranquilidade na gestão do seu restaurante, é imprescindível gerenciar as finanças da melhor forma possível, pois só assim você conseguirá investir mais, inovar no cardápio e melhorar sua estrutura. As decisões empresariais podem ser tomadas através do controle financeiro, por isso esse acompanhamento é tão importante para a rotina do restaurante.

curso restaurante

Entendendo o que é fluxo de caixa

O fluxo de caixa serve para controlar todas as transações do seu estabelecimento e você deve preenche-lo com todos os valores que entram e saem. Opte entre um fluxo de caixa diário, semanal ou mensal, mas que de qualquer maneira seja revisado diariamente. Você poderá fazer essas anotações manualmente, escrevendo em um livro caixa, em uma planilha no computador ou em um sistema online.

É importante que você anote o saldo inicial em caixa e todas as entradas e saídas, para saber no final do dia o saldo disponível – diferença entre o recebido e o pago – e o saldo final – soma do inicial com o disponível.

1.      Controle diário

No dia a dia o registro de todas as entradas e saídas, além do fechamento do caixa, é o principal. Com o controle de caixa você conseguirá verificar se não estão acontecendo erros ou algum desvio de verba. Se houver divergências, essas devem ser corrigidas no mesmo dia. Caso seja problema de registro, corrige-se o erro e pronto, mas se identificado o famoso “caixa dois”, o empresário precisa tomar decisões mais urgentes.

2.      Acompanhamento financeiro

Com o controle financeiro, você poderá supervisionar os valores depositados no banco, as despesas e os demais dados para a elaboração do fluxo de caixa. Lembre-se que o sucesso do seu restaurante dependerá da sua gestão, então não seja o empresário que não acompanha os resultados da empresa ou os que apenas olham os extratos bancários. Separe seu dinheiro pessoal do dinheiro da empresa e nunca retire verba do caixa para pagar contas pessoais, que não entrarão no livro caixa do estabelecimento.

3.      Gerenciamento mensal

Apure o lucro líquido fazendo o planejamento dos custos das matérias primas, pedidos, despesas variáveis (luz, água, telefone, gás) e fixas (funcionários, aluguel). Encerre o mês em um dia que dê tempo para fazer os cálculos e a folha de pagamento com tranquilidade. Outra dica também é ficar sempre atento ao estoque, para se livrar de produtos próximos a data de validade e itens que estão parados. Promoções e ações especiais são sempre uma ótima saída para não ficar no prejuízo nesse tipo de situação.

4.      Contabilidade eficaz

Se você tiver dificuldades com todo esse processo, busque a ajuda de um consultor financeiro, pois assim ficará mais fácil e seguro fazer esse controle. O controle financeiro é uma tarefa minuciosa que não permite erros, principalmente se estiver começando o seu negócio.

5.      Controle financeiro através de softwares

Outra dica é utilizar um software online, pois de maneira didática e simples, você poderá registrar todo o dinheiro que entra e sai do seu restaurante, ter mais controle do estoque e notas fiscais.

Esteja disposto a suar a camisa e quebrar um pouco a cabeça, pois esse será o seu diferencial para com a concorrência. Um empresário organizado hoje, será um empresário de sucesso amanhã. Com o controle financeiro do estabelecimento em dia, você poderá fazer investimentos que te levarão cada vez mais para o topo.

Quer manter-se atualizado? Cadastre-se!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *